O Serviço de Acolhimento Institucional, na modalidade de República de Supervisão Leve – MMA, tem entre seus moradores, um aprovado no vestibular da Uel.

André Luis Barbosa, 46 anos, passou por inúmeras dificuldades até atingir este objetivo. Já permaneceu em situação de estar morando na rua e por todas as vulnerabilidades desta população sofre: frio, fome, violência, drogadição, abandono, invisibilidade.

Após longos anos de acompanhamento frequente nos diversos serviços da Rede de Serviços Socioassistenciais do município de Londrina, passou a adquirir a consciência da importância de cuidar mais de si e de se envolver em assuntos que contribuíam para o seu crescimento pessoal.

Decidiu voltar a estudar e concluiu o ensino médio em 2019, através do Centro Estadual Educação Básica para Jovens e Adultos, Herbert de Souza. Neste ano, André tentou o vestibular pela segunda vez e então foi aprovado.

André optou por cursar Relações Públicas, matutino, fez uso da vaga de seleção através de cotas para negros e esta preste a integrar uma camada da população onde poucos conseguem chegar: A universidade Pública.

Para se preparar para o vestibular, mesmo diante da dificuldade do sistema on line e da Pandemia, frequentou o Cursinho preparatório da Uel, pela equipe técnica do Serviço de Acolhimento, foram trabalhados aspectos psicossociais como a preparação emocional, fornecimento de matérias, auxilio na inscrição e matricula, informações do processo em geral; e de forma independente, André recebia aulas de uma amiga, que voluntariamente atuava como professora. Todo este caminho associado a vontade de vencer, culminaram na aprovação no vestibular e na conquista de mais uma etapa de seu plano de vida.

Atualmente André trabalha meio período como Educador Par, na Escola Londrinense de Circo, em oficinas diversas nos acolhimentos institucionais e trabalha em uma grande rede de supermercado.

Segundo André, os próximos passos serão de optar por somente um dos empregos, pesquisar bolsas de pesquisa, tentar concorrer a uma vaga Moradia Universitária da Uel ou achar alguma republica na redondeza que caia em seu orçamento, planejar para adquiri equipamentos de informática (Computador, celular melhor, pendrive, pois acredita-se que no curso aprovado, estes equipamentos serão muito uteis).

Aproveitando o espaço, caso alguém tenha e possa doar um computador ou alguns
dos equipamentos de informática, entre em contato conosco. A doação será destinada a este,
que começa mais uma etapa de sua vida e com todas as batalhas acadêmicas que uma universidade oferece para o crescimento.
43.98425.6725 ou 3357-1383

Redação: Tatiane Spirandio Lemes (Assistente Social MMA) – Revisão: Pastor Juciano Massacani 

Formulário de contato

Posts recomendados